Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo
Você está aqui: Página inicial > Institucional > Voluntariado e estágios > Estádio Beira-Rio
RSS
A A A

Estádio Beira-Rio

Conheça o estádio oficial da Copa 2014

Beira-rio
Beira-rio

De 15 a 30 de junho, o Beira-rio receberá cinco jogos da Copa do Mundo de 2014, sendo quatro na primeira fase uma partidas pelas poitvas de-final (confira o cronograma). Conheça mais sobre o estádio-sede da Copa do Mundo no Rio Grande do Sul.
História da construção do Beira-Rio

O Estádio Beira-Rio é a casa dos colorados, o palco das grandes conquistas do Internacional, eternizadas no gramado por onde desfilaram os grandes craques do clube. O Gigante da Beira-Rio segue forte e sólido há 42 anos, recebendo com orgulho a torcida colorada.

Exatamente no ano em que estava terminando uma longa hegemonia do Inter no futebol gaúcho, 1956, começou a história da construção de um grande estádio, o Beira-Rio. No dia 12 de setembro de 1956, o vereador Ephraim Pinheiro Cabral, um homem do futebol, que por várias vezes presidiu o Inter, apresentou na Câmara de Porto Alegre o projeto de doação de uma área que seria aterrada no rio Guaíba. Na verdade, o Inter estava ganhando era um terreno dentro da água. Só em 1959 o clube fincava as primeiras estacas do Beira-Rio.

O Beira-Rio foi construído em grande parte com a contribuição da torcida, que trazia tijolos, cimento e ferro para a obra, inclusive do interior. Nesse sentido, havia programas especiais de rádio, para mobilizar os torcedores colorados em todo o Rio Grande do Sul. Consta que até Falcão, mais tarde ídolo colorado, chegou a trazer tijolos para a construção.

O Beira-Rio foi inaugurado no domingo de 6 de abril de 1969, dois dias e 60 anos depois da fundação do Inter. No jogo inaugural, contra o Benfica de Portugal, Claudiomiro faz o primeiro gol do Inter no estádio. E de repente um homem grande começou a chorar, e a abanar para a torcida, enquanto dava a volta olímpica no gramado: era Rui Tedesco, o engenheiro que concluiu o Beira-Rio. Emocionados estavam também os dirigentes, mas nada era maior do que o orgulho dos torcedores. Naquela tarde nascia o Gigante da Beira-Rio.
Em 1950, Porto Alegre recebeu a Copa no Estádios dos Eucaliptos, antigo estádio do Internacional. Em 2014, a Fifa inscreveu o Beira-rio como estádio da Copa do Mundo da sede Porto Alegre.

Museu dos Direitos Humanos do Mercosul